Mantendo-se seguro durante as compras ou serviços bancários em redes Wi-Fi públicas

A tecnologia moderna nos deu muitas conveniências. Em vez de ficar em casa para realizar trabalhos importantes on-line, podemos gerenciar tarefas em movimento, graças a smartphones e Wi-Fi público. Seja fazendo pagamentos on-line ou comprando nossos itens favoritos e entregando-os à nossa porta, podemos fazer tudo isso em nossos telefones, desde que possamos acessar redes públicas. De fato, as redes públicas são amplamente usadas pelas pessoas porque economizam contas na Internet. Mas quão seguro é?


Mantendo-se seguro durante as compras ou serviços bancários em redes Wi-Fi públicas

Mantendo-se seguro durante as compras ou serviços bancários em redes Wi-Fi públicas

A ascensão dos crimes cibernéticos

Nos últimos dez anos, o número de pessoas que usam dispositivos móveis e redes públicas para fazer pagamentos e compras dobrou. Em 2007, apenas 30% das pessoas fizeram isso.

Agora, mais de 60% das pessoas usam Wi-Fi público para compras e serviços bancários (embora você não deva fazer login em nenhuma conta confidencial usando Wi-Fi público – você deve esperar até chegar em casa para fazer isso.

No entanto, além disso, isso também levou a um número crescente de crimes cibernéticos. Do roubo de dados financeiros à retenção de um dispositivo para resgate, os tipos de crimes on-line são surpreendentes. A maioria deles acontece porque as pessoas expõem informações confidenciais em público.

Seja inteligente on-line

Embora não seja possível ficar longe de todas as conveniências que os smartphones e as redes públicas oferecem, é necessário seguir algumas medidas de segurança para manter os dados confidenciais seguros. Se você usa um aplicativo comercial ou bancário, ou acessa os sites em uma rede Wi-Fi pública, sem as medidas de segurança adequadas, você pode fornecer dados vitais.

Compras e serviços bancários são tarefas delicadas, porque envolvem transações. Essa é a razão pela qual os especialistas em segurança cibernética alertam que essas tarefas não devem ser realizadas em redes públicas. Você poderia estar usando o Wi-Fi aberto no trem ou no aeroporto e ainda seria possível que os criminosos interceptassem dados confidenciais. Mas esse não é o único risco.

Apertar suas configurações de segurança on-line não protege você de Shoulder Surfers – criminosos que roubam informações simplesmente olhando por cima do ombro para ver o que você está digitando.

Se não for possível não executar tarefas bancárias ou de compras em redes públicas, existem algumas etapas que você pode seguir para se proteger. A primeira coisa que você deve fazer é garantir que o site ou aplicativo que você está usando seja legítimo.

Isso pode ser verificado verificando o nome de domínio do site. Se o site for seguro, o nome do domínio começará com “HTTPS”. Se não começar com “HTTPS” e se não houver sinal de cadeado verde, o site não é seguro e os dados não são criptografados. Ao usar o aplicativo comercial ou bancário legítimo, toda a transmissão de dados deve ser feita por meio de criptografia SSL segura.

Atualizar!

Outra medida de segurança importante que você não deve ignorar é atualizar o software do seu computador e o seu programa antivírus. Essas atualizações nunca devem ser ignoradas, porque protegem melhor seu dispositivo contra ameaças online.

Quando o seu computador não está usando o software anti-malware mais recente, ele fica vulnerável a ameaças online. A realização de atualizações regulares é vital para a saúde do seu dispositivo e a segurança dos seus dados. Isso é apenas inteligente. 

Um erro comum que as pessoas cometem é responder a e-mails inusitados oferecendo um grande desconto ou um acordo tentador. Clicar no link pode levá-lo a um site fraudulento e você pode acabar baixando um vírus ou ficar bloqueado no seu dispositivo.

Da mesma forma, um e-mail que parece ser do seu banco solicitando informações pessoais provavelmente é um e-mail duvidoso. Nenhum banco jamais solicitará dados pessoais de seus clientes. Lembrar disso impedirá que você tome uma ação da qual se arrependerá em breve.

VPN para segurança adicional

Apesar de seguir todas essas precauções, o risco de roubo de dados permanece. Nesse caso, uma VPN é a melhor solução. Uma rede privada virtual é um programa de software que transmite dados entre o dispositivo e o servidor VPN por meio de um túnel seguro.

É como sua própria rede privada, onde ninguém mais tem acesso aos dados que você envia ou recebe. Quando você usa uma VPN no seu dispositivo para todas as atividades on-line, é impossível para qualquer outra pessoa – do seu provedor de serviços de Internet a criminosos cibernéticos – interceptar seus dados porque eles estão protegidos por uma criptografia forte.

Compras on-line com segurança – Dicas extras

O vídeo a seguir, cortesia da NordVPN, fornece informações adicionais sobre como realizar suas compras on-line de maneira segura.

Sua escolha

As VPNs são de vários tipos, gratuitas a pagas, baratas a premium. Os serviços premium usam os protocolos de encapsulamento mais recentes e seguros e também possuem todos os recursos que uma VPN deve oferecer. Serviços gratuitos ou baratos geralmente são lentos, não oferecem muitos recursos e usam protocolos desatualizados que não oferecem a melhor segurança. Se você precisar usar o Wi-Fi público para compras e serviços bancários, sempre tenha uma VPN instalada no seu dispositivo para segurança máxima. Existem alguns personagens ruins por aí. 

Kim Martin Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
follow me
    Like this post? Please share to your friends:
    Adblock
    detector
    map